(54)2103.3333

Programação on-line do Hospital de Clínicas aborda os cuidados multiprofissionais com bebês prematuros

Uma série de palestras com profissionais convidados será disponibilizada no canal do HC no YouTube

 

A campanha Novembro Roxo pretende chamar a atenção da população para a prematuridade, alertando sobre a desinformação em relação ao tema. A equipe do Programa de Residência Multiprofissional Materno-infantil/Neonatologia também preparou uma programação que aborda o cuidado multiprofissional com os bebês prematuros. A série de palestras pode ser acompanhada on-line pelo canal do Hospital de Clínicas no YouTube com lançamentos nos dias 17, 19, 22, 25 e 29 de novembro.

 

De acordo com a Associação Brasileira de Pais, Familiares, Amigos e Cuidadores de Bebês Prematuros (ONG Prematuridade.com), que promove a campanha, a média mundial de nascimentos de prematuros é de 10%, sendo que no Brasil esta taxa está acima, chegando a 12%, o que faz do país o 10º no ranking de nascimentos prematuros.

 

Cuidado ao prematuro da alta ao seguimento ambulatorial

 

O primeiro tema da série de palestras publicado no dia 17 de novembro, Dia Nacional da Prematuridade, abordou os cuidados ao bebê prematuro na UTI Neonatal e o acompanhamento pós-alta com a participação da Dra. Rita de Cássia Silveira, pediatra neonatologista e responsável técnica pelo Ambulatório de Alto Risco em Neonatologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com mediação da coordenadora da UTI Neonatal do HC, Dra. Giovana Belke.

 

“Quanto mais precoce este nascimento, maior será a vulnerabilidade e isso pode trazer repercussões importantes para a vida adulta: maior risco de síndrome metabólica, obesidade, diabetes tipo 2, doença coronariana, hipertensão arterial, baixa estatura, até mesmo puberdade precoce, principalmente nas meninas, problemas crônicos pulmonares, até problemas psiquiátricos e sociais. Nós temos que trabalhar para reduzir esta vulnerabilidade e isso começa bem cedo, trabalhando o atraso do desenvolvimento.” pontuou Dra. Rita de Cássia Silveira.

 

A importância do acompanhamento ambulatorial pós-alta hospitalar e programas de intervenção pós-alta também foram destacados pela pediatra, ressaltando a integração entre toda a equipe responsável pelo apoio ao desenvolvimento “um acompanhamento bem organizado previne sequelas, melhora a qualidade de vida e tem caráter multiprofissional. Cada profissional da saúde faz o seu papel e a comunicação do time deve ser efetiva, de forma que a família tenha uma orientação robusta e uniforme. Estruturar o seguimento de alto risco evita hospitalizações, monitora o crescimento e desenvolvimento e reduz a morbimortalidade de crianças com dificuldades.” esclareceu Dra. Rita de Cássia Silveira.

 

Acesse a palestra completa

 

Acolhimento dos pais em UTI Neonatal

 

A segunda palestra da programação a ser disponibilizada no dia 19 de novembro teve como convidadas a psicanalista Vivian Nolasco e a assistente social Andrea Cardoso Bittencourt, que abordaram o acolhimento e a escuta dos pais durante a hospitalização dos bebês prematuros.

 

O suporte e intervenção psicológica à família foi enfatizada pela psicanalista Vivian Nolasco. “No nascimento prematuro, os pais, especialmente a mãe, que acabou de parir, experimentam um grau muito grande de desamparo, causado pelo impacto da perda das referências nas quais eles se pautavam. Se os pais vinham antes contando as semanas da gestação, prevendo os dias para a chegada do filho, o nascimento prematuro coloca tudo isso em suspenso.” pontuou.

 

A assistente social da Unidade de Internação Neonatal do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Vivian Nolasco trouxe reflexões sobre o processo de escuta dos pais e a inserção do assistente social durante a internação neonatal. “O assistente social atua visando conhecer a realidade sociofamiliar, identificar os determinantes sociais que influenciam na condição de saúde-doença e propor estratégias de cuidado em saúde e de proteção social à criança e sua família” esclareceu Vivian.

                                                                   

Acesse a programação completa durante o mês de novembro no canal do Hospital de Clínicas de Passo Fundo no YouTube. Serão abordados ainda os temas: atuação do farmacêutico e da equipe de enfermagem no cuidado do prematuro, posicionamento e manejo da dor neonatal e o aleitamento materno. O final de cada palestra conta com um relato de experiência de famílias atendidas na instituição.

 

Clique aqui para se inscrever no canal do Hospital de Clínicas no YouTube 


Últimas notícias

Hospital de Clínicas de Passo Fundo - Rua Tiradentes, 295
CEP 99010-260 - Passo Fundo/RS
Tel. (54) 2103.3333
Ver no mapa

Design - Comunicação Social HCPF // Desenvolvimento da aplicação - Metasig

Desenvolvimento Metasig

   Consultas    Exames