(54)2103.3333

Evento alerta sobre prevenção e tratamento do Câncer Bucal

Atividade foi promovida pelo Programa de Residência Multiprofissional HC/UPF/SMS aos profissionais da área da saúde

 

De acordo com uma pesquisa, realizada pela Faculdade de Odontologia da UPF, em parceria com Serviço de Saúde Pública de Passo Fundo, os indivíduos do gênero masculino com mais de 40 anos que apresentam fatores de risco associado (tabagismo e etilismo), são o grupo mais propenso a desenvolver neoplasias malignas na cavidade oral (câncer de boca). Os dados são referentes ao ano de 2014.

 

 O Programa de Residência em Área Profissional de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais, em parceria com o Diretório Acadêmico da Faculdade de Odontologia e Programa de Extensão em Odontologia em Ambiente Hospitalar promoveram uma palestra voltada ao tratamento e prevenção do câncer de boca “Por mais que o câncer de boca inicialmente seja diagnosticado pelo dentista, todos os profissionais precisam estar cientes da gravidade destas lesões e saber identificar” explica a cirurgiã dentista Samara Andrella Lazaro. A atividade faz parte da programação do Maio Vermelho, mês dedicado ao alerta para os cuidados com a saúde bucal, realizada pela Faculdade de Odontologia e Secretaria Municipal de Saúde.

 

Durante a tarde e a noite da segunda-feira (25) profissionais de diversas áreas da saúde participaram de palestras com assuntos relacionados à epidemiologia, lesões bucais e tratamento quimioterápico do câncer de boca.  As alternativas para reconstrução orofacial foram abordadas durante palestra do coordenador do Programa de Residência em Área Profissional de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais, cirurgião Renato Sawazaki “hoje estamos falando sobre prevenção e tratamento do câncer e um grande paradigma que vem mudando dentro do câncer orofacial é a qualidade da reabilitação que a saúde, a área da medicina, odontologia e fisioterapia tem conseguido oferecer a esses pacientes que passaram por um processo de ressecção de algum câncer facial” ressaltou durante palestra. A programação do evento teve ainda palestras com o cirurgião bucomaxilofacial Ferdinando De Conto, com o cirurgião de cabeça e pescoço André Mozzini e o oncologista clínico Felipe Thomé dos Santos.

 

Por se desenvolverem em áreas mais fáceis de visualizar, os tumores orofaciais são passíveis de diagnóstico precoce, por isso é importante estar atento a alguns sinais de alerta “Qualquer ferida na boca que não cicatriza já é um alerta. Qualquer ferida que está há muito tempo e não cicatriza é um alerta ou manchas incomuns devem ser investigadas” orienta a cirurgiã dentista Samara Andrella Lazaro, residente do Programa de Residência em Área Profissional de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais desenvolvido pelo Hospital da Cidade em parceria com a Universidade de Passo Fundo e Secretaria Municipal de Saúde.

 


Últimas notícias

Hospital de Clínicas de Passo Fundo - Rua Tiradentes, 295
CEP 99010-260 - Passo Fundo/RS
Tel. (54) 2103.3333
Ver no mapa

Design - Comunicação Social HCPF // Desenvolvimento da aplicação - Metasig

Desenvolvimento Metasig

   Consultas    Exames