(54)2103.3333

Dia Mundial do Rim: principais cuidados com a saúde renal

A falta de informação sobre as doenças que afetam os rins é considerada um dos principais fatores que contribuem para o aumento dos casos de doença renal crônica em todo o mundo. O Dia Mundial do Rim, lembrado em 14 de março, faz um alerta sobre a prevenção e diagnóstico precoce destas doenças. “Nesta data o mundo todo está promovendo um alerta à população sobre os problemas renais, que podem se apresentar silenciosamente. Então, a pessoa não se dá conta de que está com problema em seus rins e quando começa a apresentar sintomas, esta perda de função pode estar muito alta.” salienta o médico nefrologista do Hospital de Clínicas (HC) de Passo Fundo, Dr. Jairo Caovilla.

 

                                                           

 

Entre as estratégias de prevenção e controle das doenças renais incluem-se a dosagem da creatinina e exames de urina, conforme explica a biomédica do Laboratório de Análises Clínicas do HC, Ana Paula Giolo Franz. “Entre as medidas recomendadas para o controle da saúde dos rins, está o rastreio (screening) de doenças renais e uma intervenção de cuidados de saúde primários incluindo o acesso a ferramentas de identificação como, por exemplo, análises de sangue como a dosagem da creatinina e exames de urina. O exame comum de urina é importante para auxiliar no diagnóstico de doenças dos rins e do trato urinário, diabetes mellitus e doenças hepáticas. O exame de urina realizado no LabHC conta recursos de microscopia como o contraste de fase que favorece a identificação de possíveis elementos patológicos da amostra e é realizado por profissionais constantemente treinados e qualificados.”

 

Estes exames de baixo custo são fundamentais para a detecção precoce das doenças renais. “Neste Dia Mundial do Rim a gente alerta sobre a necessidade de se fazer a dosagem da creatinina no sangue. Assim, mesmo que a doença não apresente sintomas, este exame vai nos mostrar que este rim está com algum problema, possibilitando o tratamento” explica o médico nefrologista, Dr. Jairo Caovilla.

 

A biomédica do HC alerta, ainda, para a incidência crescente das doenças renais, que atingem atualmente 850 milhões de pessoas no mundo. “Este ano, o Dia Mundial do Rim se propõe a aumentar a conscientização sobre a alta e crescente presença de doenças renais em todo o mundo e a necessidade de estratégias para a prevenção e o gerenciamento de doenças renais.” pontua Ana Paula.

 

Os rins são responsáveis pela regulação da pressão, filtrar o sangue, eliminar as toxinas do corpo, controle da quantidade de sal e água do organismo e pela produção de hormônios que evitam a anemia e doenças ósseas, entre outros. Evitar o excesso de sal, controle do peso, através da prática de exercícios físicos e ingestão de água regularmente auxiliam na prevenção da doença. O acompanhamento e controle da glicose e da pressão arterial através de exames regulares também são fatores importantes. “Especialmente as pessoas que fazem tratamento para pressão alta e diabéticas. Estas pessoas apresentam um risco muito maior de ter um problema no rim silenciosamente.” destaca Dr. Jairo.


Natieli Batistela | Assessoria de Imprensa HCPF


Últimas notícias

Hospital de Clínicas de Passo Fundo - Rua Tiradentes, 295
CEP 99010-260 - Passo Fundo/RS
Tel. (54) 2103.3333
Ver no mapa

Design - Comunicação Social HCPF // Desenvolvimento da aplicação - Metasig

Desenvolvimento Metasig

   Consultas    Exames