(54)2103.3333

Incentivo à amamentação desde as primeiras horas de vida

Semana Mundial do Aleitamento Materno conscientiza sobre a importância da amamentação

 

A Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida da criança. A amamentação em livre demanda é incentivada pelos profissionais do Hospital de Clínicas (HC) de Passo Fundo nos primeiros meses de vida. As enfermeiras residentes do Programa de Residência Multiprofissional Materno-Infantil/Neonatologia HC/PMPF, Gabrielle de Melo e Julia Bratz de Oliveira salientam que a amamentação traz benefícios ao bebê e também para a mãe.  “É um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com repercussões no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo e emocional, e em sua saúde no longo prazo, além de ter implicações na saúde física e psíquica da mãe.” explicam.

 

Neste ano, a Semana Mundial do Aleitamento Materno e a campanha Agosto Dourado possuem o tema: Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação - Hoje e para o futuro!. “O tema da iniciativa, que é realizada anualmente em agosto, tem como objetivo enfatizar a importância do envolvimento de todos os familiares próximos, e não apenas da mãe, para que seja possível o aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida e de forma complementar até os dois anos de idade.” destacam Gabrielle e Julia.

 

A amamentação desde as primeiras horas de vida é incentivada pelo Serviço de Maternidade do HC. Através de uma equipe multiprofissional, composta por médicos, enfermeiros, fonoaudiólogos, nutricionistas, entre outros especialistas, os pais recebem as principais orientações sobre a importância do aleitamento materno exclusivo nos primeiros meses do bebê.

 

Natieli Batistela| Assessoria de Imprensa HC

 

10 passos para o sucesso do Aleitamento Materno

*Descritos originalmente pela Organização Mundial da Saúde e Unicef

Passo 1 - Ter uma política de aleitamento materno escrita que seja rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde;

Passo 2 - Capacitar toda a equipe de cuidados de saúde nas práticas necessárias para implementar esta política;

Passo 3 - Informar todas as gestantes sobre os benefícios e o manejo do aleitamento materno;

Passo 4 - Ajudar as mães a iniciar o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento; conforme nova interpretação: colocar os bebês em contato pele a pele com suas mães, imediatamente após o parto, por pelo menos uma hora e orientar a mãe a identificar se o bebê mostra sinais de que está querendo ser amamentado, oferecendo ajuda se necessário;

Passo 5 - Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação mesmo se vierem a ser separadas dos filhos;

Passo 6 - Não oferecer a recém-nascidos bebida ou alimento que não seja o leite materno, a não ser que haja indicação médica e/ou de nutricionista;

Passo 7 - Praticar o alojamento conjunto - permitir que mães e recém-nascidos permaneçam juntos – 24 horas por dia;

Passo 8 - Incentivar o aleitamento materno sob livre demanda;

Passo 9 - Não oferecer bicos artificiais ou chupetas a recém-nascidos e lactentes;

Passo 10 - Promover a formação de grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade; conforme nova interpretação: encaminhar as mães a grupos ou outros serviços de apoio à amamentação, após a alta, e estimular a formação e a colaboração com esses grupos ou serviços.

 

 


Últimas notícias

Hospital de Clínicas de Passo Fundo - Rua Tiradentes, 295
CEP 99010-260 - Passo Fundo/RS
Tel. (54) 2103.3333
Ver no mapa

Design - Comunicação Social HCPF // Desenvolvimento da aplicação - Metasig

Desenvolvimento Metasig

   Consultas    Exames